Mostra “Yoko Ono – O céu ainda é azul, você sabe…” – SP

Acontece a partir de amanhã (01/04) no Instituto Tomie Ohtake na capital paulista, a exposição O céu ainda é azul, você sabe…a mostra pretende revelar os elementos básicos que definem a vasta e diversa carreira artística de Yoko Ono, uma viagem pela noção da própria arte, com forte engajamento político e social.

A curadoria das obras é de Gunnar B. Kavran, crítico irlandês e diretor do Astrup Fearnley Museum of Modern Art, em Oslo. A mostra é uma retrospectiva de “Instruções”, e evidencia as narrativas que expressam a visão poética e crítica de Yoko Ono, a artista foi uma das pioneiras a incluir o espectador no processo criativo, convidando-o a desempenhar um papel ativo em suas obras.

A exposição é formada por 65 peças de “Instruções”, que evocam a participação do espectador para sua realização. São trabalhos criados a partir de 1955, quando ela compôs a sua primeira obra instrução, Lighting Peace (Peça de Acender), “acenda um fósforo e assista até que ele se apague”…durante a mostra é possível seguir a sua criatividade e produção artística pelos anos 60, 70, 80, até o presente. Como as obras Respira (1966), Sonhe (1964), Imagine (1962),  além das sugestões aplicáveis no campo mental, poético ou imaginário, como Peça do Sol (1962), “observe o sol até ele ficar quadrado”, entre outras obras incríveis, além de uma série de filmes.

Os ingressos podem ser comprados no site Ingresse.com e custam R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia-entrada).

Imperdível, inclua já na sua agenda para o final de semana!

“Yoko Ono – O céu ainda é azul, você sabe…”

Quando: de 01 de abril a 28 de maio

Onde: Instituto Tomie Ohtake

Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 201 – Pinheiros, São Paulo

Horário das sessões: das 11h às 13h / das 13h às 15h / das 15h às 17h / das 17h às 20h

Mostra "Yoko Ono - O céu ainda é azul, você sabe…" - SP

 

Picasso: mão erudita, olho selvagem no Tomie Ohtake – SP

Até o dia 14 de agosto os fãs do consagrado artista espanhol Pablo Picasso, poderão conhecer de pertinho algumas de suas obras mais marcantes e íntimas, que acabaram de desembarcar diretamente do Museu Picasso de Paris (Musée National Picasso-Paris) na França para São Paulo.

A exposição, batizada de Picasso: mão erudita, olho selvagem, tem curadoria da francesa Emilia Philippot e apresenta mais de 150 obras de arte, sendo a grande maioria ainda inédita no país. Entre elas, gravuras, desenhos, esculturas e pinturas, além de uma série de fotogramas de André Villers feitos em parceria com o gênio Picasso.

Durante a exposição você perceberá que existe um percurso cronológico temático que foi dividido em dez seções: o Primeiro Picasso, Formação e Influências (por volta de 1900); Picasso exorcista, As senhoritas de Avignon (processo de geometrização das formas); Picasso cubista, O Violão (relação com a música); Picasso clássico, A máscara da antiguidade (a maternidade, o teatro e a dança); Picasso surrealista, As banhistas; Picasso engajado, Guernica (estudos da obra, fotos e foco na apresentação da tela em 1953 na 2ª Bienal de São Paulo); Picasso na resistência, Interiores e Vanitas (processo de trabalho durante a guerra, vida doméstica e vaidades); Picasso múltiplo, A alegria da experimentação (da cerâmica ao fotograma); Picasso trabalhando, O mistério Picasso (a magia de seu processo criativo na pintura); e o Último Picasso, O triunfo do desejo (erotismo em todos seus estados).

Confira os horários e outras informações, no site do Instituto Tomie Ohtake.

Os próximos destinos da exposição serão Rio de Janeiro e depois, Santiago do Chile.

Aproveite para conhecer esse acervo imperdível do lendário Pablo Picasso!

Picasso: mão erudita, olho selvagem

Onde: Instituto Tomie Ohtake

Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 201 – Pinheiros, São Paulo

Picasso: mão erudita, olho selvagem no Tomie Ohtake - SP

“Le Baiser”, uma das telas da exposição

Picasso: mão erudita, olho selvagem no Tomie Ohtake - SP