Estilo Minimalista

Menos é mais…essa é principal premissa que caracteriza o elegante Estilo Minimalista, onde a decoração dos ambientes são baseadas na simplicidade, valorizando a comodidade e o conforto. Cada móvel, objeto e demais elementos possuem uma função para ocuparem o espaço escolhido, nesse estilo, os objetos puramente decorativos são praticamente inexistentes. E para evitar que o ambiente fique “frio” e sem vida, use madeira em alguns móveis e também, coloque um lindo vaso com uma planta verde em um dos cantos da sala, na mesa ou na ilha na cozinha.

Escolha poucos e bons móveis, com traçados geométricos e linhas retas, ao invés das curvas e muitos detalhes, pense sempre na praticidade e funcionalidade que eles acrescentaram ao ambiente, privilegie os espaços vazios. A paleta de cores típica do estilo minimalista são as de tonalidades naturais e básicas, como o preto, azul, branco, bege, nude e demais variações.

Cansada de encontrar e ter que desviar de tantos móveis e objetos desnecessários na sala, quarto ou nos corredores do habitat? Então está na hora de repensar na decoração atual e investir em algo mais minimalista…

Inspire-se com lindos ambientes decorados com o queridinho estilo minimalista!

Estilo MinimalistaEstilo Minimalista

Estilo Minimalista

Estilo Minimalista

Estilo Minimalista

Ilha na Cozinha

A ilha na cozinha é um dos itens mais queridinhos e desejados na hora de decorar esse espaço, além de deixar o ambiente ainda mais agradável, acrescenta um charme extra na decor.

É na cozinha onde recebemos os verdadeiros amigos e a família, para desfrutar de momentos únicos e inesquecíveis…seja no café da manhã, lanchinho da tarde ou enquanto esperamos o jantar papeando e tomando um delicioso vinho com pessoas especiais.

Escolha seu modelo favorito e o tamanho perfeito para o espaço disponível no ambiente, uma ilha na cozinha se torna indispensável diante de tanta praticidade e versatilidade, ela pode ter um cooktop, uma pia, armário ou repartições para guardar livros de culinária e utensílios, ou simplesmente ser usada como mesa para preparar e degustar os alimentos.

Que tal fazer uma mudança na sua cozinha?

Inspire-se com lindas ideias com um dos itens mais queridinhos da cozinha!

Ilha na Cozinha

Ilha na Cozinha

Ilha na Cozinha

Ilha na Cozinha

Ilha na Cozinha

Papel de Parede: 7 dicas para decorar o quarto na medida certa

O papel de parede nunca esteve tão em alta na decoração, são inúmeras as razões para escolher esse revestimento na hora de renovar a decor do quarto…variedade de texturas e estampas, praticidade, facilidade de mudança e colocação, custo-benefício, entre outras.

Se está pensando em dar um up no ambiente usando papel de parede, escolha uma estampa ou textura que seja agradável para os seus olhos, pois o quarto é um dos lugares da casa perfeitos para relaxar. Mas se depois de colocado, achar que o espaço precisa de uma corzinha extra, prefira os objetos de decoração.

Confira sete dicas imperdíveis da arquiteta Liliana Zenaro, para usar papel de parede na decoração dos quartos!

1 . Usar apenas na parede da cabeceira: escolha um modelo de mais destaque se a opção for usar papel somente na parede da cabeceira, pois nessa posição ele fica fora da visão de quem está deitado, então estampas e cores mais fortes irão cansar menos. Mesmo assim, tome cuidado na escolha dos tons e desenhos para não deixar o ambiente pesado;

2 . Usar no quarto todo: se preferir aplicar o papel de parede no quarto todo, escolha texturas mais homogêneas e tons mais suaves. Mas o resultado não precisa ficar monocromático e sem graça…lembre-se que o equilíbrio é fundamental: se tiver móveis ou objetos em cores mais marcantes, escolha um papel de fundo neutro e com detalhes nas cores desses elementos;

3 . Como usar papel de parede no quarto das crianças: em quartos de criança, vale a mesma regra de ousar em uma parede apenas. Afinal, esse deve ser um ambiente relaxante e acolhedor…use um modelo mais estampado ou temático na parede de maior destaque do ambiente e combine com uma estampa mais delicada nas outras;

4 . Estampas e Texturas: os modelos geométricos estão na moda e ficam lindos quando compostos com objetos decorativos que contrastem com o padrão escolhido, mas restrinja a estampa a apenas uma parede. Existem modelos em que tecidos e revestimentos são prensados no papel, como seda, palha, pedras ou couro. Esses papeis são bem mais caros, porém existem opções que reproduzem os mesmos efeitos e com custo bastante inferior;

5 . Florais ou Listras: os modelos florais são ideais para casas de campo ou ambientes mais românticos, como quartos femininos. Já as listras combinam muito super bem em qualquer tipo de quarto, seja adulto ou infantil. Se o pé direito for muito baixo, use as listras na vertical para aumentar a sensação de altura;

6 . Colocação: pode parecer fácil, mas a colocação do papel de parede requer cuidados especiais. Modelos estampados precisam ainda de mais atenção, porque os desenhos devem casar na hora da colocação. O ideal é contratar um especialista, indicado pelas lojas ou fornecedores, assim você garante um bom acabamento, sem bolhas, emendas aparentes ou desperdício de material;

7 . Como calcular a quantidade de rolos: o cálculo do papel de parede deve ser feito com muita atenção. Isso porque, caso a quantidade seja insuficiente, pode ser muito difícil encontrar o mesmo lote do papel escolhido e, portanto, haverá diferença nas cores. Para calcular a quantidade necessária, meça a altura e a largura das paredes onde o papel será instalado e veja quantas alturas cada rolo cobriria na largura total da parede, desconte portas e janelas dessa quantidade. Se achar muito complicado ou não estiver segura, confie essa tarefa a uma loja especializada.

Papel de Parede: 7 dicas para decorar o quarto na medida certa

Papel de Parede: 7 dicas para decorar o quarto na medida certa

Papel de Parede: 7 dicas para decorar o quarto na medida certa